30 de nov de 2013

Help me! (fic nova)

      

                       Fic: Help me! 



 Oi, meu nome é Avril Lavigne, tenho 19anos e moro em Londres, Inglaterra.
 Se eu sou rica? Famosa? Não, minha família quase não tem dinheiro para pagar os salários e além disso sou mal tratada  dês dos meus 12 anos, me socam e chutão quando eu faço qualquer coisa, uma vez eu cheguei com o olho roxo na escola  por ter deixado cair um copo no chão em quanto lavava a louça.
 Sou filha única na minha família ... Um tédio.
 Bem, voltando a realidade... Eu estava em meu quarto, deitada na minha cama sem fazer nada, hoje é sexta – feira e já são 21:00h da noite e eu não estou com um pingo de sono, e como sempre ocorre na sexta , eu vou fugir, vou para uma festa, entrar escondida para não ter que pagar.
 Peguei um shorts e uma blusinha bem simples, já que é só isso que eu tenho. Tá na hora, sai devagar pelo corredor e entrei no banheiro, eu iria pela porta mesmo, só que meus pais estão lá conversando sobre contas a pagar, pelo visto nosso dinheiro não vai dar para pagar todas...
 Na hora de pular a Janela do banheiro eu pisei em falso e cai na moita que tinha ali, levantei só a cabeça e olhei para os dois lados na esperança de que meus pais tinham escutado o barulho, fiquei lá esperando por uns 5 min. Esperando algum sinal, “acho que eles nem sabe que você esta aqui” , pensei, me levantei e fui andando até chegar no centro da Londres, meu sonho é ser cantora e ter uma casa bonita por ali onde caiba toda minha família e parentes para comemorar o final de ano ou qualquer outra coisa...

 Chegando em um lugar que parecia bem movimentado eu fui por trás onde achei uma pequena imperfeição na parte de baixo da parede e eu simplesmente enfiei a cabeça lá dentro, o lugar parecia um banheiro, mais não um banheiro comum de festas, grandes e fedorentos, esse estava mais para um banheiro de camarim, quando vejo a maçaneta se mexer e um menino lindo com aparência de quem tinha uns 19 anos entrar apressado, pareceu nem ver minha cabeça ali em baixo, tirei minha cabeça rapidamente dali e aguardei o barulho da porta bater novamente...    

...........................................................................................................
 Oiiii!! Decidi fazer uma fic! Eu por enquanto nao vou falar o boy da fic, Muahahahahaha sou má!!! Kkkkkk
 Tudo bem??? Comentem por favor... 
 Bjss
 Nao coloquei sinopse nem nada... Nunca gostei de sinopse, mais depois eu vou colocar os personagens, se preparem para uma fic muito engraçada, triste e cheia de suspenses! 
 Bjss. (novamente ;))

26 de nov de 2013

Imagine com o Jus parte 3

             Imagine com o Jus- Parte 3                             

Era somente o Lucas, esse menino é lindo...
Ele chegou perto de mim e se sentou do meu lado.
-Você já conhecia o Jus?- Ele perguntou olhando em meus olhos.
-Já... Como você sabe?- Como ele poderia saber? Só se o Jus contou para ele
-Eu não pude deixar de ouvir a conversa, vocês não perceberam mais eu estava sentado atrás de um matinho perto de onde vocês estavam – QUE COISA FEIA! Ficar ouvindo a conversa dos outros! Mais eu também não posso culpa-lo por isso, ele já estava no matinho quando chegamos
-Mais, o que você estava fazendo no matinho? (sentiram a malicia?)
-E-e-eeu- Ele gaguejou- Eu esta-tava- Agora ele já gaguejou d+ - Ok, eu estava chorando! – Chorando?? Por que? Hã? Porque ele estava chorando se um dia antes estava com um sorriso gigante no rosto?
-Por que você estava chorando?- Perguntei e abracei-o
-Você não se lembra de mim não é? Só lembra do Jus aquele infeliz que roubou seu coração e ainda fez o favor de brincar com ele, você sabia que ele não te via como outra coisa além de uma colega qualquer de sala, você sabia e mesmo assim amava ele, você sabia que EU te amava e não dava a mínima pros meus sentimentos, eu era seu melhor amigo, te acolhia e até te ajudava com o Jus, mais isso por que eu queria te ver feliz- Depois disso eu fiquei de boca aberta, eu sabia e uns 99,9 % do que ele disse era verdade, então ele voltou a falar- E adivinha quem falou para o Jus te convidar para o baile –Ele esperou um pouco para responder- EU! Fui eu que te deixei com aquele sorriso bobo Por conta dele no baile, fui eu! E me arrependo de tudo, eu devia ter te falado que te amava a muito tempo, assim você não iria ficar babando no Jus! – ele disse, me fitou por uns dois minutos e saiu com os olhos vermelhos de tanto chorar, e eu também estava chorando, não acredito que ele disse  tudo aquilo a quilo  para mim, agora eu me lembro, como eu pude esquecê-lo?? Ele era a melhor pessoa a quem se podia confiar, meu melhor amigo no colégio! Eu me encolhi, abracei maus joelhos e encostei a cabeça nos mesmos, depois daquela bomba que ele me jogou eu me senti culpada, EU SOU CULPADA! Eu sou culpada pelas suas lágrimas, pela sua tristeza... E pela sua RAIVA, eu vi em seus olhos a raiva que ele sentia, ele sentia raiva por não poder ter o que queria, ou por que o que ele queria não queria ele, ou talvez sejam os dois!
O tempo ia passando e o lugar já não estava me ajudando a esquecer de tudo, na verdade o lugar começou a fazer  eu me sentir pior ainda, a lua já estava brilhando no céu e eu continuava ali, parada, e as lágrimas tinham parado de rolar pelo meu rosto, eu já devo estar seca por dentro. Do nada uma brisa forte me atingiu, está ventando muito essa noite, eu arrepiei toda, esse vento gelado na minha pele quente me faz arrepiar, melhor eu ir em bóra antes que fique resfriada, se eu não me engano amanhã eu já volto para minha cada, eu não queria ir, queria fica aqui, lá em casa é um tédio total, eu fico sozinha e não é tão legal.

Me levanto e começo a andar, pulo a cerca e vou para meu quarto, tomo um banho e coloco um pijama, escovo meus dentes e vou dormir (antes eu apago a luz ok). 

20 de nov de 2013

Imagine Hot com o Niall

                   Imagine Hot com o Niall


" Era uma noite sombria e fria, noite de inverno em Londres, uma menina andava sozinha na rua quando chegam o monstro carnívoro que todos temem e -Haaaaaaaaaaaa"
 -Haaaaaaaaa Niall, tira esse filme, por favor- Disse com medo, sou Katarina, mais o Nini me chama de Kat (gata >.<). O Niall é meu melhor amigo e veio para cá hoje para assistirmos filme
 -Aff kat, você tem medo disso? É muito besta!- Ele disse
 -Mais eu tenho medo- Falei com uma carinha fofa
 -Awwwn- Ele falou e me abraçou forte- Vamos deixai o filme de lado kat, vamos relaxar.
 Ele disse e se ajoelhou em cima de mim e acabamos deitando, eu que estava gostando pouco (sentiu a ironia?) virei, ficando por cima:
 Beijamos-nos, eu parecia querer aquilo tanto quanto ele, comecei tirando sua camisa e ele minha regata, tentamos ao Maximo não desencostar nossos lábios um do outro. Eu não aguentando deslizei minhas mãos por seu peito, o arranhando, Niall abaixou meu zíper e desabotoou minha calça e foi deslizando-a pelas minhas pernas e jogou-a longe de nós, eu retirei sua calça, estávamos só com roupas intimas e ele se virou agora ficando por cima de mim, já dava para sentir seu membro ereto roçando na minha intimidade. Nini tirou meu sutiã (com dificuldade) e começou a chupar meus seios e beija-los, eu gemi e revirei os olhos:
 -Isso é muito bom Nini- Ele com a mão esquerda começou a massageá-lo e com a direita foi tirando um pouco da minha calçinha, tirou o bastante para a mão de ele caber ali e colocou um... dois dedos dentro de mim e me masturbou.
 -Aiii Nini acho que vou... - Não deu tempo de eu terminar a frase, já tinha gozado em sua mão, é tão bom...
 Nini parou de massagear meu seio e desceu agora com a língua para minha intimidade...  Depois que eu ja tinha gozado de novo ele tirou a própria cueca e o seu membro "pulou" dela, só de pensar que aquilo ia entrar em mim já me exitava ainda mais, ele viu o sorriso em meu rosto e deu uma risada.
 Sem demora colocou seu membro em mim e começou um "vai e vem" devagar o que me fez implorar para que ele fosse mais rápido. Depois de um tempo nós dois gozamos e eu inverti ficando por cima e comecei a cavalgar nele:
 -Isso Kat, vai porra, mais rápido com isso- Ele disse e me deu um tapinha na bunda, comecei a ir mais rápido- Isso, vai, vai, e quero mais!- Ele disse com uma cara monstruosamente sexy para mim
 -Aii, haa, Nini...- Eu ja estava chegando no meu "ponto final".
 -Haaaaa- Gememos nós dois juntos, eu ja tinha chego no ápice mais ele virou e deu umas investidas em mim até gozar de novo, eu ja não estava aguentando mais e ele percebeu então se deitou do meu lado, eu ja sei o que ele queria então subi em cima dele e começamos um 69:
 
 Fizemos isso até nem ele aguentar mais, me deitei do lado dele (toda suada) e ele começou a falar:
 -Kat, você é incrível, não sei como aguentei me segurar até hoje, mais eu te amo muito... 
 -Eu também te amo, MUITO, você é perfeito... 
 -Kat, quero ser mais que seu melhor amigo, quero te fazer feliz assim pelo resto da vida, eu quero que você esteja sempre ao meu lado assim como eu quero estar do seu, quer namorar comigo?
 Ai eu já não sabia mais o que era suor e o que era lágrima, aquelas palavras... Eu sempre quis ouvi-las, minha resposta ja estava na ponta da língua...
 -Tá brincando? Eu sempre te amei, e sempre desejei essas palavras saindo da sua boca Nini, eu sempre quis que você falasse elas para mim- Deixei que passassem uns 10 seg. para eu voltar a falar- É claro que eu também quero ser mais que sua melhor amiga, quero também te fazer feliz assim pelo resto da minha vida, eu sempre vou estar do seu lado como você sempre está dome, Sim, eu aceito namorar com você!- Quando eu disse isso seus olhos brilharam mais que diamantes e nos beijamos, depois disso adormecemos de conchinha.
                                                     (...)
 Acordei e o Nini não estava mais ali do meu lado, será que foi tudo um simples sonho?
 Abro meus olhos direito e ouço um barulho vindo da porta e o Niall entrando com um sorriso lindo no rosto... Não foi um sonho.
 -Oi pequena, tudo bem?
 -Oi Nini, tudo sim! -Eu disse sorrindo- O que é isso?- Eu olhei para o que ele me trazia:
       

 E do lado tinham duas alianças lindas de compromisso:
                                       (...)
Eu e o Nini estamos casados, ele é o melhor marido que se possa ter...


                                                          FIM >.<
...................................................................................................................................................................
Hey lindas, tudo bem?
Gostaram? (NÃOOOOO kkkk) 
É a primeira vez que eu faço um hot (mentira... kkkk) então se não tiver bom é só me falar que eu posto outro...

BJSS.  

18 de nov de 2013

Imagine com o Jus part 2


 E assim o dia foi passando, eu não dividia o quarto com ninguém, era só eu e eu.
 A noita caiu e eu fui dormir...
 Acordei com uma sede danada e quando fui me levantar BUM!! Bati a cabeça com tido no meu armarinho que fica do lado da cama, eu cai dela essa noite pelo visto, com a cabeça doendo fui para o banheiro e fiz minhas higienes, sai e troquei de roupa
 
-Ficou boa- Falei para mim mesma e saí para fora (Não, não, eu vou sair para dentro), eu estava andando um pouco pelo campo que tinha do llado de fora, ali é tudo muito bonito! As arvores balançando e meu cabelo voando, o ar daqui é muito limpo mesmo! Me sentei na grama, e fechei os olhos, quando os fecho lembro do Justin... Do meu colegial, ele era o menino mais bonito que ja vi, conhecidencia eu encontrar com outro Jus agora!
-Oi! Tudo bem?- Uma voz conhecida me interrompe
-Oi, tudo sim Jus!
-Am... Gostei! Jus! Gostei desse apelido Alice!
-Espera! Eu não me lembro de ter te contado meu nome para voce Jus!
-E eu nao me lembro de ter contado o MEU nome para voce Alice- Nesse momento tudo ficou claro, esse é o Jus do meu colegial, ele mudou, esta mais bonito que nunca
-Jus? É voce mesmo? Do colegial?
-Sim, sou eu, quanto tempo Alice!
-Eu quem diga!- Eramos colégas de classe, antigamente eu era apaixonada por ele!

                                 Jus On/
 Quanto tempo eu não vejo a Alice, ela era minha coléga de sala e eu sempre fui apaixonada por ela, Alice mudou muito, quase eu não reconheço ela, Alice virou mais mulher, criou peito, bunda... Esta linda (kkk ri muito nessa parte).
Nós ficamos um tempinho quietos até eu me cansar do silencio:
-Quer jogar bola? Eu chamo meus amigos!
-Só depois que eu tomar café da manhã- Ela disse e saiu, foi para um lugar contrario de onde se toma café ali
                                  Alíce On/ 
  Eu arrumei uma desculpa para sair dali e segui em direção a floresta que tinha por ali, pulei a cerca que dividia o acampamento e segui uma trilha, quando cheguei no final dela encontrei com uma vista maravilhosa
 
 Me sentei na ponte e relaxei, todos os pensamentos, TUDO, desapareceu, eu estava cansada, com um peso nos ombros e aquele lugar me fez esquecer dessas coisas.
 Do nada ouço um barulho estranho... Quem será?
...................................................................................................................................................................
 Oi!! Quem será??
 Eai?! Estão gostando do imagine com o Jus?? Espero que sim!!
 Beijos

9 de nov de 2013

"Meu amigo gay" Part. Final !!!!!! :)


Acordo em uma cama, o que aconteceu? Será que foi tudo um sonho...?   
............................................................................................................

Acordei em um lugar diferente... Ok, eu nem abri os olhos direito mais da para ver que tem alguem me olhando
-Quem é você?- Perguntei para uma mulher que estava ao meu lado

-Oi, sou a empregada do Liam, Clara, prazer. O Liam falou para eu tomar conta de você!- Estou na casa do Liam, acho que sim... - Vou arrumar a sala querida, com licença- Ela disse e saiu do quarto.
 O quarto era muito bonito e bem arrumado:
 
 Sera que é o quarto do Liam? Provavelmente, viro para o lado e vejo um preto de café da manhã:
, só tem um problema, eu não estou com fome no momento, minha barriga ronca, ok, estou com um pouco de fome, mais não a ponto de comer todo esse café da manhã, tomo pelo menos o suco e logo que acabo de comer alguem entra batendo na porta
-Oi bela adormecida! Tudo bem? - Era o Liam, que fofo >.<
-Tudo sim, o que eu to fazendo aqui Liam? Voce tem a chave da minha casa- O Liam sempre vai na minha casa, mais eu nunca tinha vindo na dele, péra! Se o Liam é gay, então por que o quarto que não é nem um pouco afeminado?- Liam, por que seu quarto não é rosa com detalhes vermelhos (jeito que eu imaginava o quarto dele)?
-Amm... Ok, eu vou ter que te falar, e-e-eu não sou- Parou por um minuto...
               Liam On/
 Eu sabia que teria que contar para ela, então tomei coragem e comecei a falar/gaguejar:
-Amm... Ok, eu vou ter que te falar, e-e-eu não sou- Parei por um minuto, ok, ta na hora- Eunãosougay! - Falei rapido mais de certa forma ela entendeu, olhou com os olhos arregalados para mim e depois riu, sera que ela pensa que é uma piada?
               (S/n) On/
 Só podia ser piada, ou eu não entendi direito... Era piada, comecei a rir descontroladamente ate perceber que estava rindo sozinha, parei, Liam estava olhando sério para mim.
-Não é piada néh? - Perguntei para confirmar
-Não, não é uma piada, eu nunca fui, sempre me fingi de gay para ficar mais perto de voce, mais, eu não estou aguentando, tive que confessar!- Então o Liam, esse pedaço de mau caminho nunca foi gay? 
 Liam do nada subiu em cima de mim e foi me beijando e tirando minha camisa enquanto eu tirava a dele, quando menos reparei ja estavamos sem nossas roupas, Liam estava em cima de mim mais ainda não tinha colocado seu membro em mim
-Esta pronta para isso?
-Sim Liam!
 Ele colocou seu membro em mim, não por inteiro mais ja deu para sentir uma dor imença
-Aaaa- Gritei de dor
-Doi muito?
- Da para aguentar Liam
-Caso alguma coisa fala que eu paro- ele deisse e colocou todo seu membro, me segurei para não gritar de novo, Liam deixou seu membro parado dentro de mim por uns minutos para eu acostuma r e logo depois foi fazendo movimentos de vai e vem lentos, ai eu ja estava sentindo uma mistura de prezer e de dor, ficamos um tempo assim até eu começar a gostar
-Vai Liam!!- Gemi para ele
-Isso, geme para mim!- Dava para ver que ele queria aquilo até mais que eu e começou a ir rapido, no resto do dia acho que voce ja sabe o que aconteceu...
                          4 Anos depois
-Mamãe, como voce e o papai me fizeram?- O Josh é muito lindo, adivina, é meu filho, lembra aquela noite a quatro anos? Então, esquecemos da camisinha kk- Em mamãe?
-Seu pai entrou com o carro na garagem e nove meses depois a cegonha trouxe voce filho!
-Haaa, que legal!- Josh falou isso e foi brincar com o Liam de futebol



                         Fim di imagine, gostaram??
                          :)